O que muda na nova lei de cobrança de condomínios

A mudança nas regras, que geraram o Novo Código de Processo Civil, e na cobrança de despesas condominiais veio ao encontro da principal e recorrente preocupação dos síndicos e administradores condominiais de todo país: o impacto financeiro no orçamento dos proprietários e locatários afim de diminuir a inadimplência no setor.

As longas e demoradas ações de cobrança podem vir a durar anos, por conta da burocracia desnecessária do atual modelo,  até o recebimento dos valores em atraso. Para minimizar os impactos dessa dívida as alternativas aplicadas antes da nova lei eram cobranças judiciais e litigiosas, protestos de cotas e mediação entre as partes.

PROCESSO LENTO

Mas sabemos que o processo de cobrança brasileiro é lento e pode levar mais tempo que o esperado para se reaver um recurso. Essa prática é totalmente inadequada aos processos mais modernos e atuais, sendo desnecessário todo o processo e a longa discussão em torno da fase processual de conhecimento.

AGILIZANDO O TRÂMITE

O novo Código de Processo Civil reafirma uma mudança no procedimento de cobrança de despesas de condomínio, reconhecendo, definitivamente, o seu caráter executivo economizando muito tempo com trâmites lentos e tornando muito mais rápida a recuperação deste crédito, facilitando a gestão do síndico.

Conheça mais sobre esses novos processos. Contrate uma empresa para gerir e administrar seu condomínio. Procure sempre um profissional da área contábil. A LCA Contabilidade tem uma equipe de primeira pronta para te ajudar. Quer saber mais sobre o assunto? Leia também o post '5 maneiras simples de economizar nas contas do condomínio'.